Xiaomi Black Shark 2 é oficial! O smartphone Android com 12 GB de RAM

Fiel a todas as fugas de informação, sucintamente cobertas no Pplware, chegou o novo smartphone Android para jogadores ou gamers. É o verdadeiro sucessor para o dispositivo lançado na primeira metade de 2018 e traz-nos novos argumentos para 2019. Assim sendo, está na altura de ficar a conhecer o Xiaomi Black Shark 2.

É o terceiro smartphone gamer lançado por esta filial da Xiaomi, mas está mais poderoso do que nunca!

Com um novo visual, linhas ainda mais arrojadas e claro, um novo processador, o Black Shark 2 é o smartphone Android a ter, isto no caso de valorizar acima de tudo a experiência de jogo e puro desempenho num dispositivo móvel. Contudo, há muito mais a ser dito em torno deste peculiar equipamento, já anunciado.

Chegou o novo smartphone Xiaomi Black Shark 2

Em primeiro lugar, as principais melhorias concentram-se no ecrã desde smartphone Android. Além disso, temos também um reforço do desempenho e um novo modo “Ludicrous Mode“, uma celebração da gíria utilizada pela comunidade gamer. É a nova criação da 4.ª maior fabricante mundial de smartphones, a Xiaomi.

Primeiramente, o seu novo ecrã. Com um total de 6,39 polegadas de diagonal, temos aqui um painel AMOLED, feito pela sul-coreana Samsung. Graças aqui a toda uma série de otimizações, a empresa chinesa reduziu em seguida a sua latência para 43,5 milisegundos, um valor incrível para um ecrã de smartphone.

Xiaomi Black Shark 2 smartphone Android

Além disso, é um ecrã sensível a diferentes níveis de pressão, uma premissa similar ao 3D Touch da Apple, agora com uma nova aplicação. A Black Shark apelida esta tecnologia de Magic Press e permite ao utilizador utilizar botões virtuais no ecrã, com o intuito de replicar a sensação de estar a jogar com um controlador físico.

O ecrã com Magic Press é um dos maiores trunfos

Mais ainda, o utilizador pode definir diferentes níveis de pressão, a partir dos quais ativará estes botões. Por exemplo, pode definir um botão para disparo que só se ativará quando pressionar o ecrã com X intensidade ou nível de pressão. Em suma, botões secundários, totalmente personalizáveis pelo jogador.

Este mesmo ecrã, não só é mais polivalente, mas também apresenta uma maior qualidade na apresentação dos conteúdos. Nesse sentido, temos aqui a compatibilidade com o padrão HDR, bem como o DCI-P3. Por fim, a sua resolução é de 1080 x 2340 píxeis, para uma densidade de 403 píxeis por polegada.

Xiaomi Black Shark 2 smartphone Android

Cumpre ainda ser dito que o ecrã utiliza o formato 19,5:9 para representação de conteúdos. Já, ao nível das dimensões, o Xiaomi Black Shark 2 mede: 163,6 x 75 x 9,9 milímetros (altura x largura x espessura). Ao nível do peso temos aqui um total de 205 gramas, sendo construído maioritariamente em metal e vidro.

Por fim, este seu ecrã tem um total de 4 sensores de luz ambiente, além de um processador dedicado ao ajuste automático do equilíbrio de brancos para o ecrã. Isto com o intuito de providenciar, sempre, uma representação fiel da cor. Infelizmente, a fabricante não especifica se este ecrã supera os 60 Hz.

O seu “coração” é o Snapdragon 855 da Qualcomm

Em seguida, e de forma expectável, temos aqui o SoC Snapdragon 855 da Qualcomm. Trata-se da mais poderosa plataforma móvel da atualidade, com uma frequência máxima de processamento de 2,84 Ghz. Além disso, apresenta uma arquitetura de 64-bits e uma litografia de 7 nm, bem como a gráfica Adreno 640.

Em seguida, apontamos as quatro variantes em que o Xiaomi Black Shark 2 estará disponível. Assim, temos uma primeira variante com 256 GB de armazenamento interno que, por sua vez, poderá ser adquirida com 12 GB ou 8 GB de memória RAM. Alternativamente, o consumidor poderá optar por 128 GB de armazenamento interno com 6 GB ou 8 GB de memória RAM.

Xiaomi Black Shark 2 smartphone Android

Numa última nota, o seu armazenamento interno não é expansível. Olhando agora para a sua traseira, encontramos uma câmara dupla com alinhamento vertical. Esta é constituída por um sensor de 48 MP, com uma abertura focal de f/1,8. Em seguida, temos um sensor de 12 MP com zoom ótico de 2X e abertura f /2,2.

Os 12 GB de memória RAM e a câmara dupla, com 48 MP

Este poderoso smartphone Android conta com algumas das melhores especificações disponíveis no mercado em 2019. Assim, promete ser capaz de entregar uma ótima experiência de jogo, até para os gamers mais exigentes que só agora estão a descobrir este nicho de mercado.

A Xiaomi utiliza aqui memória RAM do tipo LPDDR4x, bem como armazenamento interno UFS 2.1, assim garantindo ótimas velocidades. Já, ao nível dos esquemas de cor, temos o preto com contrastes verdes, bem como o novo tom de prateado.

Xiaomi Black Shark 2 smartphone Android

O Xiaomi Black Shark 2 conta ainda com altifalantes duplos (estéreo) frontais. Além disso, temos também um leitor de impressões digitais já embutido no seu ecrã e que estará sempre acessível, mesmo que o utilizador coloque alguns dos acessórios para jogo (e existem vários add-ons) para este smartphone Android.

Um smartphone Android ideal para o mundo Gaming

A o novo Xiaomi Black Shark 2 apresenta também um novo controlador acoplável ao smartphone. Chama-se GamePad 3.0 e é comparável aos Joy-Com da Nintendo Switch. Além disso, temos um acessório que promete refrescar ainda mais o smartphone Android para as sessões de jogo mais longas e exigentes.

Note-se que o dispositivo tem um sistema de arrefecimento líquido, uma câmara de vapor que a marca apelida de Liquid Cool 3.0. Aqui de acordo com a marca, o smartphone estará sempre fresco. Aliás, permitindo assim usufruir do desempenho máximo do processador e da respetiva gráfica.

Xiaomi Black Shark 2 smartphone Android

Por fim, para manter tudo a funcionar temos aqui uma bateria com 4000 mAh de capacidade. Uma grande célula de energia que suporta o carregamento rápido a 27 W de potência. Algo que pode ser otimizado com o “Ludicrous Mode“. O modo que gere desde o carregamento rápido até ao desempenho do processador e gráfica.

Quanto custa o Xiaomi Black Shark 2?

Por fim, o quesito mais importante, o seu preço. Os valores começam nos 3200 yuan, 477 dólares ou cerca de 420 euros para o modelo com 6 GB / 128 GB. Já o modelo de topo, com 12 GB / 256 GB custa 4200 yuan, cerca de 626 dólares ou 552 euros à atual taxa de conversão.

Relembramos que estes são os valores praticados no seu mercado natal, a China. Numa última nota, a sua data de chegada ao mercado ainda não foi definida.

Qual a sua opinião sobre este smartphone para jogos?

Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: