Ter um Android pode arruinar a vida amorosa quando a outra pessoa tem um iPhone

A análise é do site de encontros Match.com com base num inquérito aos seus utilizadores, em que 25% também responderam que estariam dispostos a ter relações sexuais com um robot.

Um estudo conduzido a 5.000 utilizadores do site de encontros Match.com, concluiu que quem tem smartphones da Apple têm mais tendência para julgar negativamente os utilizadores de dispositivos Android durante um encontro. Em comparação, o portal especifica que a probabilidade de isto acontecer é 21 vezes maior do que a situação inversa.

O inquérito, que foca a relação da tecnologia com as dinâmicas amorosas da atualidade, permitiu ainda algumas descobertas curiosas que parecem contrastar com a realidade. 58% dos inquiridos disse que preferia que o seu encontro não tivesse o telefone em cima da mesa, com o ecrã virado para cima, durante um jantar, enquanto 75% admitiu que não quereria ver o seu par atender o telemóvel sem qualquer explicação prévia. 66% admite sentir-se incomodado se a outra parte enviar mensagens durante o encontro.

O estudo concluiu ainda que as mulheres são mais propícias a julgar o seu par por ter um modelo de telefone antigo e que apenas 14% das pessoas acha irritante o som artificial do teclado do telefone do seu encontro.

No domínio sexual, que procurou estudar o crescimento da indústria de bonecas e robots sexuais, o Match.com chegou à conclusão que 25% da população inquirida estaria disposta a ter relações sexuais com um destes produtos. No entanto, 50% deles sentir-se-ia traído se o seu par se envolvesse sexualmente com um robot.

A informação obtida através do inquérito pode ser consultada através deste site.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: