Sucesso! Dois Rovers japoneses conseguiram aterrar no asteróide Ryugu

A tecnologia é capaz de produzir resultados incríveis e cada vez mais tiramos partido do progresso para aumentar a nossa compreensão do Universo.

Durante o dia de ontem, dois pequenos rovers conseguiram aterrar com sucesso num asteróide chamado Ryugu e até já nos enviaram algumas imagens espetaculares.

Esta é a primeira vez na história que dois rovers são capazes de aterrar num asteróide. O hardware faz parte da Agência de Exploração Aeroespacial Japonesa.

Os engenheiros da agência responsáveis pela colocação dos dois rovers no asteróide esperaram até hoje para confirmar o sucesso da aterragem. Para além disso, acrescentaram que o equipamento se encontra em boas condições e já receberam indicações que os rovers estão em movimento.

We are sorry we have kept you waiting! MINERVA-II1 consists of two rovers, 1a & 1b. Both rovers are confirmed to have landed on the surface of Ryugu. They are in good condition and have transmitted photos & data. We also confirmed they are moving on the surface. #asteroidlanding

— HAYABUSA2@JAXA (@haya2e_jaxa) September 22, 2018

Ambos os rovers fazem parte do programa MINERVA-II1 e formam desenvolvidos para se deslocarem ao longo da superfície do asteróide, capturar várias imagens e recolher dados que ajudem os cientistas a perceber a constituição e origem deste corpo celeste.

De modo a colocar com sucesso os rovers no asteróide, a nave espacial principal da missão, Hayabusa2, foi obrigada a baixar cuidadosamente em direção ao objeto espacial de modo a ficar apenas a 55 metros da sua superfície.

Uma das primeiras imagens que recebemos encontra-se um pouco desfocada e foi tirada momentos depois de se ter separado da nave Espacial.

asteroide japoneses aterrar ryugu

Quando os rovers foram largados e já se encontravam a caminho do destino desejado a nave espacial regressou à sua altitude normal, ficando a 20 quilómetros do asteróide.

Mas a missão da Agência de Exploração Aeroespacial Japonesa ainda só vai a meio. A nave espacial Hayabusa2 ainda tem que colocar mais dois rovers no asteroide. O maior de todos chama-se MASCOT e a sua missão está agendada para outubro.

Para além disso, a nave espacial principal tem ainda outras tarefas a realizar. Uma delas passa por recolher amostras para trazer de volta para a Terra de forma a que possam ser analisadas em laboratório.

Tomás Santiago

A tecnologia e aquilo que é possível fazer com ela sempre foi algo que me cativou bastante. Estudo Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Adoro programar e desenvolvimento de aplicações móveis, principalmente para iOS. É a escrever para o Pplware que partilho os meus conhecimentos. Sigam-me no Twitter: @mrtomasantiago
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: