Spacecom quer milhões por satélite destruído com foguetão da SpaceX. Ou uma viagem grátis

A operadora de satélites israelita está a exigir a Elon Musk uma indemnização de 50 milhões de dólares pelo satélite que perdeu na explosão do foguetão Falcon 9. Caso a SpaceX não queira pagar, não há problema. A Spacecom aceita uma viagem gratuita ao Espaço.

Na semana passada, um foguetão Falcon 9 da SpaceX explodiu durante a realização de um teste de ignição na Base da Força Aérea no Cabo Canaveral, na Flórida, EUA. Horas após o incidente descobriu-se um satélite de comunicações da Spacecom estaria a bordo da nave. Este satélite fazia parte do projeto Internet.org do Facebook e tinha como propósito fornecer internet a algumas regiões da África Subsariana.

Numa altura em que a poeira começa a assentar, a Spacecom vem agora dizer que tem o direito de exigir que Elon Musk desembolse 50 milhões de dólares para cobrir os prejuízos sofridos. Se o CEO da SpaceX não estiver disposto a compensar a Spaceom, a operadora de satélites quer que a próxima viagem ao Espaço seja por conta da norte-americana.

De acordo com a Reuters, a SpaceX fechou-se em copas e diz que não emite qualquer comentário sobre pormenores dos contratos que realiza com os seus parceiros. O site diz que o valor das ações da empresa israelita caiu 9% no dia da explosão.

As causas do acidente são ainda desconhecidas mas rumores indicam que terá sido uma falha na preparação do teste de ignição.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: