Samsung pede que utilizadores desliguem e devolvam os Note 7

Definitivamente, este foi o pior cenário que a Samsung poderia desejar para o lançamento daquele que será o smartphone mais avançado da marca sul-coreana.

As explosões das baterias dos Galaxy Note 7 trouxeram já vários dissabores à empresa que, agora, vem pedir aos utilizadores que desliguem e devolvam os seus smartphones deste modelo.

spen_1

A Samsung é a maior empresa fabricante de smartphones no mundo e, o smartphone que tinha tudo para ser a arma perfeita contra o iPhone 7 da Apple, tornou-se numa dor de cabeça para a gigante sul-coreana.

As várias explosões da bateria do seu mais recente modelo, tiveram um impacto bastante negativo na empresa, fazendo mesmo com que, neste Sábado, 10 de Setembro, a Samsung viesse pedir aos utilizadores que desliguem e devolvam, o mais rápido possível, os seus Galaxy Note 7.

20160222-reuters-dongjin-koh-samsung-s7

Koh Dong-jin

Foi num comunicado que Koh Dong-jin, presidente do Mobile Communications Business da Samsung Electronics, pediu:

We are asking users to power down their Galaxy Note 7s and exchange them as soon as possible.

Koh Dong-jin adianta ainda que:

We are expediting replacement devices so that they can be provided through the exchange program as conveniently as possible and in compliance with related regulations.

Leia também: Samsung explica porque explodem as baterias do Galaxy Note7

Ou seja, a Samsung pede que os utilizadores devolvam os seus Galaxy Note 7, contudo providenciam smartphones de substituição, conforme for mais favorável aos utilizadores.

Samsung Galaxy Note 7

Samsung Galaxy Note 7

Assim, as quase 2,5 milhões de unidades vendidas do Galaxy Note 7, deverão ser todas devolvidas, até mesmo as unidades de demonstração. O cenário agrava-se nos números, pois este erro comprometedor deverá custar à empresa cerca de 5 mil milhões de dólares, a descontar no saldo da sua receita deste ano.

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: