Samsung investe 500 milhões de dólares em fábrica na Índia e muda liderança da divisão de smartphones

Depois de abrir a sua primeira fábrica na Índia em 2018, a Samsung volta a fazer um investimento no país tendo em vista a expansão da produção de ecrãs para smartphones.

Samsung investe 500 milhões de dólares em fábrica na Índia e muda liderança da divisão de smartphones

A Samsung vai investir cerca de 500 milhões de dólares na construção de uma nova fábrica na Índia, tendo em vista a expansão da produção de ecrãs para smartphones, assim como de vários equipamentos eletrónicos, avança a Reuters. A decisão surge numa altura de mudanças na liderança da divisão de smartphones da Samsung, sendo que Roh Tae-moon passa agora a assumir as funções de DJ Koh.

De acordo com documentos oficiais a que a Reuters teve acesso, a empresa apresentou o seu plano a uma entidade reguladora indiana a 3 de janeiro deste ano. Ao que tudo indica, a nova fábrica, a qual ficará a cargo do departamento de produção de displays da Samsung, ficará localizada em Noida, sendo incorporada na unidade da fabricante já existente na região.

Samsung inaugura maior fábrica de smartphones do mundo

Samsung inaugura maior fábrica de smartphones do mundo

Ver artigo

Em 2018, a fabricante sul-coreana abriu a sua primeira fábrica na periferia de Nova Deli, a capital indiana. O investimento de 700 milhões de dólares traduziu-se numa unidade que chegou com a promessa de uma capacidade para produzir cerca de 120 milhões de smartphones por ano, sendo considerada pela fabricante como maior fábrica de dispositivos móveis do mundo.

A Samsung tem vindo a apostar na relocalização das suas fábricas chinesas à medida que marcas como a Huawei ou a Xiaomi crescem cada vez mais no mercado chinês de smartphones. Em outubro de 2019, a fabricante sul-coreana anunciou o fim da produção de dispositivos móveis na China, tendo fechado a sua última fábrica em Huizhou, após a diminuição da sua produção, desse junho deste ano.

Samsung perde terreno no mercado indiano de smartphones. Realme explode

Samsung perde terreno no mercado indiano de smartphones. Realme explode

Ver artigo

Embora seja o segundo maior vendedor de smartphones na índia, a Samsung depara-se com uma concorrência feroz por parte de rivais chinesas como a Xiaomi, a qual ocupa o primeiro lugar do “pódio”. A quota de mercado da fabricante sul-coreana sofreu uma perda na ordem dos 20% nos últimos três meses de 2019, indicam dados da Counterpoint.

Uma nova fábrica e "mudanças de cadeiras" na direção da Samsung

Como parte da sua reestruturação anual, a Samsung nomeou Roh Tae-moon como novo líder da divisão de smartphones. O responsável assume assim as funções de DJ Koh, co-CEO da fabricante sul-coreana, o qual continuará a liderar os setores de comunicações e de tecnologias da informação, noticia a Reuters.

Roh Tae-moon é o novo responsável da divisão de smartphones da Samsung
Créditos: Samsung

Num mercado global de smartphones onde a competição é cada vez mais feroz, Roh Tae-moon terá agora a missão de revigorar o departamento de dispositivos móveis da empresa, de forma a tentar ganhar terreno relativamente às fabricantes chinesas.

O novo responsável, o terceiro num espaço de 12 anos, ingressou na Samsung em 1997, tendo desempenhado um papel importante quer no desenvolvimento da linha de smartphones Galaxy, quer na redução de custos da empresa na área dos dispositivos móveis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Subscrever Já subscrevi

Notificações

Subscrever

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Ler Artigo Original
Fonte: SAPO Tek

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: