Qual das operadoras oferece o melhor serviço telefónico do mercado?

Apesar da utilização dos telefones fixos ser cada vez menor, as instalações destes equipamentos crescem "à boleia" dos pacotes de serviços, obrigando o consumidor a perceber qual das operadoras oferece uma melhor ligação. Com base em prazos, avarias e reparações, a ANACOM dá a resposta.

Os tempos áureos do telefone fixo chegaram ao fim. Uma vez populares, dada a inexistência de uma solução portátil, estes equipamentos começaram por cair no esquecimento com a massificação dos telemóveis e, mais tarde, com os planos de comunicação ilimitados em minutos e mensagens.

Mesmo obsoletos, ou perto disso, os telefones domésticos continuam a integrar os pacotes de serviços da maioria das operadoras enquanto requisitos obrigatórios à instalação de coisas como a internet e a televisão que, consequentemente, lhe têm garantido um crescimento nos domicílios dos portugueses. Nesse sentido, a ANACOM aferiu: quem oferece o melhor serviço telefónico do mercado?

"Os valores seguidamente apresentados foram disponibilizados à Autoridade Nacional de Comunicações pelas empresas prestadoras do Serviço Telefónico fixo (STF) e respeita aos níveis de desempenho registados, no 2º trimestre de 2016", tendo em conta três parâmetros de qualidade de serviço: o prazo de fornecimento de uma ligação inicial, a taxa de avarias por linha de acesso e a taxa de reparação de avarias. Estas são as conclusões.

Prazos

Neste parâmetro foram analisados os tempos de espera entre a formulação válida de um pedido de fornecimento de serviço até à concretização da instalação. As prestações das operadoras oscilam consoante a complexidade dos pedidos e dão origem a tempos muito díspares entre empresas. A Vodafone, por exemplo, é quem mais demora a instalar um serviço que requeira uma ligação à rede, mas é quem menos demora quando essa necessidade não existe. A Cabovisão obriga sempre o cliente a grandes períodos de espera, mas é a operadora que mais cumpre com os prazos estabelecidos. A NOS, por sua vez, destaca-se pela positiva nas regiões autónomas.

Avarias

Em contraste com o critério anterior, os serviços insulares de telefone fixo compreendidos nesta análise revelam valores piores do que as restantes operadoras.

A Cabovisão e a G9Telecom são as que reúnem melhores prestações com esta última a registar zero avarias no período avaliado.

De notar que, para chegar a estes números, a ANACOM mediu "o número de avarias válidas participadas pelos utilizadores aos serviços da empresa prestadora, por interrupção ou degradação do serviço, atribuíveis à rede da empresa prestadora".

Reparações

Num terceiro critério, correspondente às reparações necessárias pelas avarias do serviço, foi medido o tempo, "em horas consecutivas, que decorrem desde o momento em que uma avaria válida na rede da empresa prestadora […] é participada até ao restabelecimento completo do serviço".

A Vodafone volta a registar o pior valor com quase 200 horas de espera entre a comunicação da avaria e a reparação efetiva da mesma. Em contrapartida, a NOS Madeira apresenta a melhor prestação nas variáveis avaliadas "tempo de reparação de avarias" e "percentagem de avarias reparadas dentro do prazo-objetivo".


Fonte do Artigo

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: