Poderá um drone protegê-lo da chuva?

Os drones estão cada vez mais populares e versáteis. Estes pequenos aparelhos voadores estão-se a tornar em verdadeiros ajudantes nas mais diversas funções.

Por curiosidade, já se aperceberam do tempo que está na rua? O sol já se foi e agora só podemos contar com a chuva para os próximos dias. E se lhe disséssemos que pode utilizar um drone como guarda-chuva sem ter de o pilotar?

É verdade, os drones começaram a ter mais funções do que aquelas a que estávamos acostumados, nomeadamente, fotografar ou filmar a partir de uma câmara externa ou interna ao drone, localização por GPS para se deslocar sozinho e até mesmo alguma autonomia própria de modo a evitar obstáculos.

Um dos drones mais vendidos pela empresa britânica DronesDirect, o DJI Phantom 4, foi modificado para levar um guarda-chuva de tamanho convencional de modo a proteger o seu proprietário das várias adversidades meteorológicas como é o exemplo da chuva, neve e até mesmo do sol.

Drone umbrella 1

Como já foi mencionado, este drone não necessita de ser pilotado manualmente, pois conecta-se automaticamente ao GPS do smartphone de modo a acompanhar o proprietário do mesmo. O software deste aparelho está programado para que o drone consiga evitar colisões contra algum tipo de objecto que se encontre no seu caminho. Por isso, se tinha esta preocupação, pode ficar descansado que o seu guarda-chuva voador não irá bater em nenhuma árvore.

drone umbrella 2

A velocidade máxima que o Phantom 4 pode atingir é de 72 km/h, contudo, visto que o drone terá o guarda-chuva acoplado na sua parte superior, a velocidade máxima do mesmo poderá não ser a esperada, ou seja, poderá deslocar-se mais devagar.

A versão normal do Phantom 4 está neste momento a cerca de 1.121€. Por outro lado, esta versão alterada com o guarda-chuva é vendida por cerca de 1.500€.

Esta versão do Phantom 4 consegue responder à sua principal função, no entanto, numa opinião pessoal, receio que apenas poderá ser utilizado em percursos a pé e não muito demorados visto que a sua autonomia é de apenas cerca de 30 minutos de voo. Por outro lado, deve-se ter também em atenção toda a legislação relacionada com os drones e a sua mobilidade.

Por Bruna Silva para Pplware.comLer Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: