O Pplware já testou o Mavic Air, novo drone da DJI

Os drones são, hoje em dia, muito mais do que um brinquedo de adulto ou uma forma de diversão. O mercado está a agitar-se, com cada vez mais ofertas, mas algumas conseguem-se destacar.

O DJI Mavic Air é um novo ponto de referência neste universo e o Pplware já teve acesso a esta verdadeira máquina. Este é o drone do momento e fomos experimentá-lo.

Foi com expectativa que aceitámos a proposta da iServices para experimentar aquele que muitos apelidam como o melhor drone para aventura da DJI. Depois de termos testado o Mavic Pro e o Spark, dificilmente iríamos conseguir superar o que tínhamos vivenciado. A verdade é que o Mavic Air conseguiu deixar-nos com “aquele sorriso” de quem experimentou algo de muito bom.

O novo DJI Mavic Air

O novo Mavic Air foi apresentado há poucos dias, com todo o destaque que este drone merece. A marca resolveu apostar na continuidade e tem neste novo drone um modelo que segue a linha dos anteriores, com uma forte semelhança com o DJI Spark, mas com algumas pequenas diferenças, que sobressaem, principalmente ao nível estético.

Claro que dentro deste drone encontramos muita tecnologia nova, que o tornam melhor, mais simples de usar e, principalmente, mais estável. Todas as melhorias estão nos extras que este drone traz.

anterior próxima

A estética do Mavic Air

Mesmo sendo semelhante ao DJI Spark, o Mavic Air tem uma estética própria. A sua linha é diferente e está mais cuidada, notando-se na forma que apresenta. Está mais desportivo, sem que, no entanto, pareça exagerado ou demasiado vistoso.

Claro que a dar suporte a esta nova imagem, temos também melhorias no campo do peso. Este drone está mais leve e mais fácil de transportar. O seu tamanho mais reduzido é outro fator de importância nesta portabilidade. Não é um drone brinquedo, mas facilmente o transportam numa mochila ou até dentro do bolso de um casaco.

O seu comando foi também redesenhado e está ainda mais portátil. A DJI levou este pormenor ao extremo e até os controlos do joystick podem ser desaparafusados e guardados num encaixe no próprio comando. São pormenores, mas fazem toda a diferença.

anterior próxima

A experiência de utilização

Se até ao momento de levantar as expectativas estavam altas, tudo graças à estética e ao que as especificações prometiam, a verdade é que tudo mudou no momento de iniciarmos o voo, e naturalmente para ainda melhor.

Rapidamente percebemos que o Mavic Air é um drone que está, pelo menos, ao mesmo nível dos modelos anteriores. A sua agilidade está fantástica e é muito simples de conduzir, mesmo para quem tem pouca experiência.

Todos os modos que o Mavic Air traz permitem adaptar-se a qualquer piloto, desde o mais experiente ao que está agora a começar. Claro que estas proteções podem ir sendo removidas à medida que a experiência surge.

É fácil notar que o controlo do DJI Mavic Air é mais fácil, tudo graças aos muitos sensores presentes. Isso, na prática, traduz-se numa maior estabilidade e numa facilidade de voo.

Claro que o controlo por gestos é também um extra muito interessante, conseguindo que o comando seja dispensado e que possamos voar o nosso drone apenas com uma mão e com os gestos certos.

O que muda com o Mavic Air

Como dissemos antes, mesmo parecendo muito similar aos restantes, com os seus novos argumentos estéticos, o Mavic Air tem novidades de peso. Provavelmente a maior estará nos novos sensores. Ao ter também sensores atrás, este drone cobre os três lados (frente, traseira e parte inferior).

Em termos de distância de voo, o Mavic Air tem uma autonomia de cerca de 21 minutos consecutivos a uma distância máxima de 4 km (2 Km para a Europa segundo as normas CE) em campo aberto e utilizando o comando.

anterior próxima

Apenas uma nota para a câmara do Mavic Air. Esta tem um foco fixo, não permitindo que possam focar pontos distintos no espaço. No que toca à captura de imagens, e para resolver os problemas de falta de cartão microSD, a DJI incorporou neste drone uma memória interna de 8 GB.

A conclusão desta aventura de voo com o DJI Mavic Air

Sem qualquer dúvida podemos afirmar que a DJI voltou a acertar em cheio na sua nova proposta. É a evolução natural dos modelos anteriores e foi criado para brilhar. Este é o drone do momento e ao usá-lo rapidamente percebemos isso.

O Pplware agradece à iServices, a representante oficial da marca DJI em Portugal, pela experiência que nos proporcionaram e, principalmente, por nos ter permitido experimentar o Mavic Air, a nova máquina da DJI.

Conheça melhor o DJI Mavic Air

DJI Mavic Air: Como funcionam os sensores de voo autónomo?

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: