O ano de 2016 no Pplware.com… Daniel Jesus

2016 foi, para mim, um ano de estreia no Pplware, onde tive a oportunidade de fazer parte de um projecto que já seguia há imenso tempo.

Chegou agora o tempo de olhar para trás e escolher os 5 post que mais significado tiveram para mim ao longo deste último ano.

Desde cedo que a tecnologia se tornou uma paixão para mim e, por consequência, também desde cedo que o Pplware foi uma das minhas principais escolhas para seguir as várias e constantes novidades que iam surgindo.

2016 foi o ano em que tive a oportunidade de passar para o outro lado da barricada e fazer parte de uma família fantástica que me acolheu e que, ao longo dos últimos anos, tem conseguido fazer um trabalho espantoso que culminou com a nomeação para blog do ano na categoria de tecnologia, com a presença no Porto Canal, com um número crescente de análises aos mais variados tipos de dispositivos e gadgets, assim como a presença nos mais variados tipos de eventos.

Face ao desafio lançado, e em modo de retrospectiva do ano que passou, escolhi 5 dos meus artigos que me marcaram ao longo do último ano.

McTrax – Crie música com a McDonald’s

McTrax o individual musical

Este artigo marcou-me especialmente por ser a primeira publicação oficial que fiz pelo Pplware. Mas acima do valor pessoal que acarreta, mostra também o que é a tecnologia hoje em dia.

Tradicionalmente, quando pensamos no termo tecnologia, existe uma associação muito próxima a smartphones, computadores e dispositivos dentro deste género. Mas, na verdade, a tecnologia é muito mais que isso e pode estar presente em qualquer simples objecto ou momento da nossa vida.

O McTrax é um exemplo claro de como a tecnologia pode ser usada nos mais diversos objectos, dado que permite que um individual de tabuleiro seja conectado ao smartphone para criar música, oferecendo uma experiência diferente de refeição, e se torne uma brincadeira para crianças e adultos.

Seria possível uma fusão entre Apple e Microsoft?

Apple e Microsoft

O mundo da tecnologia é, sem dúvida, um local bastante competitivo onde várias marcas tentam ganhar o seu lugar de destaque e a atenção do consumidor.

Desde cedo temos acompanhado o “despique” entre duas das grandes empresas tecnológicas, a Microsoft e a Apple, que já levou a muitas disputas fora e dentro dos tribunais. Ambas as empresas apresentam serviços e produtos idênticos, sendo duas fortes concorrentes actualmente. Mas e se, no futuro, estas duas grandes empresas se pudessem unir? Seria vantajoso ou não? É nesta linha de pensamento que o artigo se baseia, onde um analista coloca esta hipótese em cima da mesa.

No fundo, a tecnologia está sempre em evolução e com ela crescem também as empresas que dependem dela, levando a que duas grandes concorrentes hoje, amanhã poderão estar a trabalhar lado a lado.

Análise Honor 8 – A perfeição veste de azul

Honor 8

Quem acompanha os novos lançamentos de smartphones ou quem anda a procurar um novo, sabe que os preços destes dispositivos são cada vez mais caros, pelo menos nos modelos de topo para as marcas mais reputadas na Europa.

É certo que os modelos chineses, como é o caso da Xiaomi, têm vindo a equilibrar o mercado, trazendo algumas soluções bastante apetecíveis. Mas, além dos problemas já conhecidos das ROM’s e do 4G (que podem estar perto de ser resolvidos), muitos portugueses ainda não sentem confiança ao comprar um smartphone lá fora. Para estes, que ainda são uma larga maioria, é importante que surjam alguns bons modelos a nível nacional.

O Honor 8, que tive a oportunidade de testar, embora só seja vendido online, vem ocupar esta mesma vaga. A um preço de lançamento de cerca de 400€ (que agora até se encontra mais barato em alguns sítios) podemos encontrar um smartphone elegante e com uma boa qualidade de construção que, aliado a um bom desempenho e uma boa câmara fotográfica, se torna numa das melhores compras, na minha opinião, para quem procura uma aposta mais sólida com garantia oficial em Portugal.

Mi Mix – Xiaomi passa do conceito à acção

Mi Mix

Uma das marcas que eu mais gosto é, sem dúvida, a Xiaomi pela sua diversidade e boa qualidade de produtos, assim como uma boa política de actualizações. Mas, ao longo de 2016, depois de um início em grande com o lançamento do Mi5, comecei a ficar um pouco desiludido com a quantidade de modelos quase iguais que a marca chinesa estava a lançar.

Quando, quase no final do ano, a Xiaomi surpreendeu o mundo ao lançar o Mi Mix, um smartphone conceito totalmente funcional e disponível para venda, voltei a olhar para a Xiaomi como uma marca inovadora. Na minha opinião, este foi uma das grandes conquistas da marca chinesa em 2016, que conseguiu provar que as marcas chinesas também conseguem inovar e apresentar conceitos novos.

No Pplware já temos um Mi Mix para testes e, brevemente, poderemos dar a nossa opinião sobre este smartphone realmente inovador.

Quer correr o Mac OS X El Capitan no seu computador?

Mac OS X - VMware

Embora reconheça algumas vantagens e qualidades dos produtos Apple, não sou dos seus maiores fãs. No entanto, para falar bem ou mal, devemos sempre testar para perceber se realmente temos justificação para os nossos argumentos ou não.

Como os preços exageradamente caros dos computadores da Apple não permitem a todos testar o macOS, é possível usar outros meios para perceber o funcionamento do sistema operativo da Apple. Este artigo ensina a configurar o sistema da Apple numa máquina virtual. Embora o desempenho não seja o ideal, vai permitir aos curiosos descobrir um pouco deste sistema.

A escolha não foi fácil, pois haviam muitos outros para falar, mas estes foram dos 5 artigos que mais marcaram o meu ano de 2016. Agora é tempo de voltar a olhar em frente e trabalhar, em conjunto com a equipa Pplware e com os leitores, para apresentar todas as novidades que este novo ano já promete.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: