O Android One ainda mexe. Novo smartphone vai ser apresentado na próxima semana

Foi criado para os mercados emergentes e apesar de não estar tão bem cotado como o “irmão mais velho”, o Android One parece ainda ter cartas a dar. A General Mobile vai apresentar o Android One GM6 durante o Mobile World Congress

Estávamos em 2014. Na sua conferência anual de programadores, o I/O, a Google falava pela primeira vez numa iniciativa que tinha o nome de Android One. Os smartphones deste programa seriam de baixo custo e as especificações medianas. A grande diferença estaria no cuidado que a Google iria prestar aos equipamentos.

De uma forma simples, o Android One é igual ao programa Nexus, mas num nível de preço mais acessível. O objetivo passava por acelerar a adoção de smartphones e de serviços Google nos mercados em expansão, daí ter sido lançado primeiro na Índia.

Quase um ano depois, o primeiro e único smartphone da iniciativa chegou a Portugal. A BQ firmou uma parceria com a tecnológica de Mountain View para trazer o programa para Portugal e Espanha. O smartphone era o BQ Aquaris A4.5, um dispositivo que, quando foi lançado, custava 179,90 euros.

As especificações do Aquaris A4.5 eram medianas, mas tinham como ponto positivo o apoio da Google e o facto de a tecnológica lançar as novas versões do Android o mais rápido possível; durante 24 meses, dois anos, os utilizadores sabem que o seu smartphone vai receber sempre o mais recente sistema operativo Android.

Agora, a General Mobile continua a apostar no programa. Num convite enviado à imprensa, a empresa anuncia que no próximo dia 28 de fevereiro, no Mobile World Congress, irá apresentar o Android One GM6. A considerar pela presença de Jon Gold, diretor do programa de parcerias do Android, na apresentação, a Google continua a apostar neste programa. 

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: