Microsoft vai mudar o Edge baseando-o no Chromium e também trazê-lo para o macOS

A notícia surgiu a meio desta semana e dava conta que a Microsoft estaria a preparar o fim do Edge, passando a usar o Chromium como a base para o seu novo browser. A ideia poderia parecer estranha, mas a verdade é que a Microsoft já veio a público confirmar esta ideia e apresentar outros planos.

A ideia original apresentada dava conta de que a Microsoft estaria prestes a terminar os desenvolvimentos no Edge, abandonando o EdgeHTML. A alternativa a ser tomada era mesmo o Chromium, o motor open source que a Google e uma vasta comunidade desenvolvem.

A Microsoft vai mudar o Edge para o Chromium

Se a dúvida existia, acabou por desaparecer agora, com a confirmação da Microsoft de que este é mesmo o seu próximo passo natural no campo dos browsers. O Edge vai ser alterado e passar a usar como base o Chromium, libertando os programadores da Microsoft para criar outras novidades para este browser.

O empenho da empresa nesta mudança de filosofia do seu browser será de tal forma grande que levará a que o Windows 7 receba também uma versão do Edge, já baseado no Chromium.

Microsoft Edge Chromium macOS browser

Outra das razões para esta mudança é dar a quem desenvolve páginas web uma plataforma ainda mais alagada e baseada em standards que já conhece. Na prática é menos um browsers a ser tomado em consideração nestes momentos.

Uma nova forma de atualizar o Edge

Também foi alterada a forma como serão tratadas as atualizações do Edge. No futuro, a empresa irá separar o lançamento de atualizações do seu browser com as do próprio Windows.

Essa alteração vai garantir que as atualizações e as melhorias que vão surgir sejam disponibilizadas de fora mais rápida e direta, conseguindo dar aos utilizadores mais novidades e correções mais rápidas.

Microsoft Edge Chromium macOS browser

O Edge vai também chegar ao macOS

Outra novidade que hoje foi anunciada é a chegada do seu browser ao macOS. Aproveitando a mudança, a Microsoft quer chegar também ao sistema operativo da Apple e assim alargar a sua área de atuação, bem para lá do Windows.

Infelizmente não existe qualquer previsão da Microsoft para a chegada das primeiras versões de testes de qualquer uma destas novas versões, mas a Microsoft comprometeu-se a iniciar em breves a mudança radical que vai aplicar ao Edge.

Outro ponto positivo desta mudança, ainda que de forma indireta, é a contribuição que a Microsoft vai fazer com código para o projeto Chromium. Tudo o que a empresa criar acabará por ser devolvido para a comunidade, aumentando o empenho da empresa nesta sua nova vertente.

Microsoft vai substituir o Edge por um novo browser baseado no Chromium

Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: