Microsoft afinal não desiste do Paint e planeia mantê-lo no Windows 10. Para já…

O plano inicial era retirá-lo do sistema operativo, mas oferecê-lo como aplicação independente. Mas afinal, parece que tudo se mantém como sempre.

Há anos que existe um impasse sobre a remoção ou não do Microsoft Paint do Windows 10. Primeiro foi a decisão de eliminar a ferramenta introduzida originalmente em 1985, algures numa atualização do sistema operativo de 2017, dando-lhe lugar um novo e mais moderno Paint 3D. Pouco tempo depois, a Microsoft referia que a ferramenta não iria ser “exterminada”, mas passaria a ser uma aplicação gratuita disponível no Windows Store.

Passados dois anos sobre essa decisão, o facto é que a clássica ferramenta Microsoft Paint irá manter-se como parte integral do Windows 10. A confirmação chegou pela ausência dos habituais avisos de remoção da aplicação na atualização 1903 de maio. Os especialistas rapidamente contactaram a gigante de Redmond, que através do programador sénior do Windows, Brandon LeBlanc, afirmou que a aplicação continuaria presente com a nova atualização. “Irá manter-se no Windows 10 por agora”, respondeu o programador.

tek paint

Não se sabe por quanto tempo o Paint ainda continuará como parte do Windows 10, até porque as funcionalidades principais do programa estão a ser integradas na aplicação Paint 3D. Falta a confirmação se a Microsoft vai manter as duas aplicações integradas no sistema operativo, ou se a fabricante ainda não está preparada para dizer o adeus definitivo à clássica ferramenta de desenho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Subscrever Já subscrevi

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Ler Artigo Original
Fonte: SAPO Tek

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: