iPhone 7 sem entrada para auriculares não agrada ao co-fundador da Apple

Steve Wozniak é um dos fundadores da Apple e não está contente com a ideia de haver um iPhone sem entrada para auriculares. Para o norte-americano, o som perde qualidade com produtos de ligação Bluetooth.

A remoção da entrada para auriculares do próximo iPhone 7 não é um facto oficialmente confirmado, no entanto, o número de rumores que tem circulado sobre o equipamento tem reforçado a ideia de que não haverá mesmo espaço para a tradicional porta de 3,5 milímetros.

O feedback do público a esta hipótese não tem sido positivo e agora sabe-se que nem Steve Wozniak está agradado com o cenário.

Em entrevista ao Australian Financial Review, o co-fundador da Apple comentou que esta decisão "irá deixar muitas pessoas irritadas". Para além disso, Wozniak não se confessa um grande amante de auriculares e colunas Bluetooth por considerar que a tecnologia influencia negativamente a qualidade do som. Se puder escolher, o empresário não tem dúvidas de que irá preferir uma opção que seja capaz de se conectar através da entrada Lightning, apesar de considerar que o futuro será feito com entradas…USB-C.

"Um dos meus telefones Android preferidos é o Nexus 5C que usa esse tipo de ligação. Na minha opinião entrega uma performance de nível superior. Acho que o USB-C será o futuro", comentou o programador, acrescentando ainda que terá aconselhado a Apple a desistir da integração de um possível conector magnético nos seus próximos smartphones e a substitui-lo por uma uma destas portas.

Recorde-se que as justificações que têm sido encontradas para sustentar esta nova característica são puramente estéticas e alegam que a empresa pretende construir um equipamento mais fino do que é agora possível. A solução encontrada parece passar pela remoção da entrada para auriculares, mas, até ao próximo dia 7 de setembro, nada é oficial.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: