Huawei não bloqueará os launchers Android na EMUI 9

A popularidade do sistema operativo Android é inquestionável. Estando presente em milhões de dispositivos móveis espalhados por todo o mundo, é igualmente famoso pela sua abertura e grande capacidade de personalização.

É precisamente esta abertura característica do sistema Android que permite aos fabricantes utilizarem as suas próprias interfaces. Isto é, permite à Samsung utilizar a sua OneUI, bem como à Huawei a sua EMUI, aqui a título de exemplo.

Apesar de todas elas se basearem no sistema operativo Android, cada marca tem a liberdade de criar e personalizar a sua interface. Por conseguinte, em cada UI (user interface) temos um pouco do ADN e da filosofia da empresa que o produz.

Ao passo que algumas interfaces são muito leves e próximas do Android “puro” – veja-se a OxygenOS – outras acabam por se afastar deste conceito. Veja-se a EMUI 9.0, a mais recente versão da Emotion UI da chinesa Huawei, um exemplo disso mesmo.

A EMUI 9.0 é a mais recente versão da UI pertencente à Huawei

Não querendo de forma alguma apontar o dedo a uma ou louvar a outra, cada interface tem o seu mérito. Cada “máscara” do Android encontra um público alvo que valorizará todo o processo e pensamento que lhe veio a dar origem.

Em seguida, sobre cada uma destas interfaces podem ser aplicadas mais opções de personalização. É esta a beleza do sistema Android, poder lançar mão não só das diferentes UIs bem como dos pacotes de ícones.

Poder utilizar e mudar à vontade os papéis de parede (wallpapers). Poder até aplicar um lançador completamente diferente, um launcher. Pois bem, na nova EMUI 9.0 da Huawei esta opção está a desaparecer nas variantes chinesas. A Huawei está a bloquear a utilização de launchers que não o seu com a nova EMUI 9.0. O objetivo? Proteger o utilizador final de algumas apps e programadores mal intencionados.

Aqui com o claro intuito de manter a sua experiência de utilização mais coesa e homogénea, a Huawei está a bloquear launchers de terceiros. A marca cita ainda o bloatware presente em alguns dos launchers para Android.

O bloqueio verificou-se apenas nas versões chinesas

Ainda de acordo com a fonte, com o intuito de manter uma boa experiência de utilização, a Huawei encetou esta medida. Contudo, fique tranquilo, a mesma só está a ser aplicada às versões chinesas dos seus novos smartphones com a EMUI 9.0.

Assim foi o caso da versão chinesa do smartphone Honor Magic 2, um dos mais recentes lançamentos da submarca da Huawei. Felizmente não se registaram mais casos desta prática.

Pode atualizar tranquilamente o seu Huawei com a EMUI 9.0

Assim sendo, poderá continuar a utilizar o Nova Launcher, o Apex Launcher, bem como tantas outras alternativas. Em suma, esta medida não é aplicada aos smartphones em circulação fora da China, portanto não se preocupe.

De qualquer forma não deixa de ser curioso ver este tipo de medidas a serem cogitadas e aplicadas pela gigante chinesa. Proteger os seus utilizadores ao bloquear uma das mais características mais enraizadas do sistema Android?

|FonteVia

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: