HP está a instalar software que recolhe dados sem autorização

Cada vez mais os utilizadores dos sistemas operativos estão conscientes da sua privacidade e rejeitam todas as tentativas de recolha de informação não autorizada. Este cenário foi visto no Windows 10, mas tem continuado desde essa altura noutros momentos.

A mais recente queixa vem do lado da HP, onde os utilizadores dos seus computadores viram agora chegar um novo software, instalado sem autorização e para recolha de informação.

São já muitas as queixas que os utilizadores de máquinas da HP têm estado a apresentar. Segundo estes, uma recente atualização instalou nas suas máquinas um novo software, que está a realizar várias funções, nem todas benéficas para si e para as suas máquinas.

Um grave problema de instalação não autorizada de software

A informação que existe descreve que por volta do dia 15 de novembro uma atualização instalou um novo spyware, como muitos o designam, de nome HP Touchpoint Analytics Service. Segundo a descrição oficial do mesmo, este vem garantir a segurança de todos os dispositivos que gere e dar ao utilizador menos preocupações.

A verdade é que este novo serviço e aplicação estão a ser instalados sem qualquer informação aos utilizadores e sem o consentimento destes. Pior ainda é que supostamente estão a ser recolhidas e enviadas para a HP informações sobre os equipamentos, também sem haver uma informação aos utilizadores e o seu consentimento.

HP

O impacto negativo desta atualização da HP

Existem ainda relatos de que esta nova aplicação está a causar problemas de performance nas máquinas onde está instalada. Muitos revelaram que observaram aplicações a ser abertas e fechadas de forma recorrente, bem como a realização de testes de hardware aos componentes principais das máquinas.

Estes testes fazem parte da informação que está a ser recolhida e transmitida para a HP, mas que acabam por ter impacto negativo nas prestações dos computadores.

Esta atualização pode ser facilmente removida das máquinas onde foi instalada usando o gestor de aplicações do Windows. Não existe ainda uma posição oficial da HP, quer reconhecendo esta situação quer apresentando as suas razões para esta ação. A verdade é que esta é uma quebra das regras básicas da privacidade, ainda para mais com os utilizadores tão conscientes para esta realidade.

Fonte

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: