Google Fit chega ao iPhone e quer ganhar espaço entre os utilizadores Apple

A aplicação só estava disponível para Android mas chega agora ao iOS, tirando partido da informação recolhida e mantendo a lógica de minutos ativos e pontos cardio.

O objetivo é reduzir o risco de doenças cardiacas, melhorar a qualidade do sono e aumentar o bem estar mental, uma lógica que agora foi alargada aos utilizadores de equipamentos com iOS, o que abrange o iPhone, iPad e iPod Touch.

Num modelo de gamificação, quanto mais o utilizador se mexe mais ganha em minutos ativos, e se a intensidade for maior ganha pontos cardio. Quanto mais pontos somar mais se aproxima das recomendações de actividade física da Organização Mundial de Saúde para reduzir as doenças cardiacas.

Nos dispositivos iOs é possível confugurar a recolha de informação com a Apple Health e com outras apps, como a Headspace, para dar uma visão completa da saúde do utilizador, independentemente de estar a usar um Apple Watch ou um smartwatch Android, com Wear OS. Os treinos são assim todos registados e o diário mostra as actividades e o progresso para alcançar as metas definidas.

A aplicação Google Fit pode ser descarregada da App Store e é gratuita.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Subscrever Já subscrevi

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Ler Artigo Original
Fonte: SAPO Tek

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: