Google Coral, o misterioso smartphone com Snapdragon 855 e Android Q

O novo processador Snapdragon 855 da Qualcomm é, atualmente, a plataforma mais poderosa para dispositivos móveis Android. Este mesmo processador já está a ser testado no smartphone Google Coral que, além disso, já corre o Android Q.

Foi a 5 de dezembro de 2018 que ficamos a conhecer esta nova plataforma para dispositivos móveis. Entretanto, veríamos também o primeiro smartphone Android a prometer utilizar este SoC a ser apresentado, a proposta da Lenovo.

Entretanto, aguardamos que toda uma nova geração de smartphones Android comece a chegar ao mercado com esta exata plataforma. Até lá, contudo, veremos mais dispositivos como este Google Coral a avaliar as suas capacidades.

Chama-se Google Coral e é um dispositivo de teste

Este assunto é interessante e foi partilhado no portal SparrowsNews, dando particular atenção ao peculiar teste na plataforma Geekbench.

De acordo com informação disponibilizada, o Google Coral é um produto, um smartphone concebido apenas para testar novas plataformas. Um dispositivo ad hoc para que a Google possa ir testando vários parâmetros e diferentes variáveis.

No interior do smartphone já temos o Snapdragon 855

Entre estas temos agora o novo Snapdragon 855 da Qualcomm e até mesmo uma versão inicial do Android Q. Nesse sentido temos a clara referência a ambos na listagem oficial da plataforma Geekbench.

O Android Q será a décima versão do sistema operativo da tecnológica norte-americana para dispositivos móveis. Por conseguinte, será o substituto para o atual Android Pie 9.0 que continua a chegar, gradualmente, aos utilizadores.

Teremos mais novidades sobre o Android Q na Google I/O 2019

Espera-se ainda que este Android Q revele mais alguns dos seus detalhes durante a próxima Google I/O 2019. É, por norma, durante esta conferência que a empresa costuma elucidar os seus seguidores sobre os avanços feitos em diversas áreas.

Importa deixar bem claro que este Google Coral já foi referido por várias vezes em testes anteriores. Assim sendo, este produto per se, não se deverá destinar ao grande mercado de consumo.

Aliás, apelando à lógica e à semântica, os smartphones da Google em desenvolvimento costumam ser dotados de um nome de código alusivo a um ser aquático. Desde o “Tuna” ao “Angler”, a lista pode ser aqui consultada.

Portanto, se os dispositivos móveis recebem um nome de código alusivo à vida marinha, o coral está na base desse mesmo oceano. Poderá o Google Coral ser isso mesmo? Uma base para teste de diversas funções e SoCs? Acreditamos que sim.

Melhorias de 10% face aos atuais Google Pixel 3

Tendo isto em consideração, podemos ainda atentar nas pontuações obtidas pelo smartphone Android em questão. Nesse sentido, temos um total de 3,296 pontos nos testes single-core, bem como 9,235 pontos nos testes multi-core.

Tal como afirma a imprensa internacional, os resultados consubstanciam-se numa melhoria de 10% face aos Google Pixel 3. A atual geração de smartphones que utiliza o SoC Snapdragon 845 da Qualcomm.

Em suma, esta nova listagem mostra-nos que a Google já está a estudar todo o potencial do SoC Snapdragon 855. Além disso, vemos que também já está a correr uma das versões iniciais do Android Q.

Agora, resta-nos aguardar por novas fugas de informação ou claro, por uma nova apresentação da tecnológica de Mountain View.

Leia também:

Google “rouba” veterano da Apple para finalmente lançar o Fuchsia

Pplware

Por Rui Bacelar para Pplware.com
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: