Google adiciona o Kodi à lista negra no campo de pesquisa

Já experimentou escrever “Kodi” no campo de pesquisa da Google? Apesar de tão inteligente, o motor de pesquisa não consegue simplesmente reconhecer e fazer o autocomplete do nome “Kodi”… mas é mesmo assim.

De acordo com algumas informações, a Google adicionou o “Kodi” à lista negra no campo de pesquisa. A equipa responsável pelo Media Center diz-se desapontada com tal atitude e espera que a Google reconsidere.

O Kodi é um dos mais versáteis players multimédia da atualidade. Com ele, o utilizador pode reproduzir praticamente todos os tipos de conteúdos multimedia. O Kodi pode ser instalado em praticamente todos os sistemas operativos e são muitos os add-ons disponíveis para este media center.

Recentemente, a Google baniu o termo “Kodi” da caixa de pesquisa do seu motor de pesquisa, ou seja, se tentar escrever as primeiras letras a Google não dará nenhuma sugestão associada ao mais popular media center da atualidade.

Por exemplo, procurando por “Addons for K“, não há qualquer referencia ao Kodi. Podem também experimentar pesquisar pelos nomes das versões do Kodi que o resultado é igualmente nulo.

Segundo o site TorrentFreak, que descobriu tal situação, ironicamente o Kokotime que é usado para fins de pirataria aparece como sugestão. Os responsáveis pelo Kodi já reagiram a tal “bloqueio” referindo que o o Kodi é um software open source e totalmente legal e que se sentem surpresos e totalmente decepcionados com tal decisão da gigante das pesquisas.

Até ao momento ainda não existiu qualquer declaração por parte da Google sobre este caso. Os responsáveis pelo Kodi esperam que a Google análise e volte a considerar este player multimédia nos resultados procurados.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: