Games for Good: o desafio é desenvolver jogos para resolver problemas sociais

A game jam desafia os participantes a criar jogos que possam ajudar a resolver as situações expostas por organizações não-governamentais e de solidariedade social bem como instituições de utilidade pública e sem fins lucrativos.

Na 2ª edição do Games for Good, os desafios são lançados pelas instituições e os participantes só os vão conhecer no momento em que o evento estiver a decorrer. Depois vão ter 48 horas para colocar em prática técnicas de criação de jogos e de gamification para resolverem situações reais das organizações.

O evento, a acontecer entre 13 e 15 de abril, divide-se em duas vertentes distintas, mas com o mesmo objetivo: a Games for Good Junior, dirigido a alunos do ensino secundário e a Games for Good Pro, destinado a criadores profissionais e estudantes do ensino superior.

Criada no âmbito da licenciatura em Games & Apps Development da Universidade Europeia, a Games for Good pretende mostrar de que forma os jogos podem ter um impacto positivo na sociedade, esclarece Bruno Correia da Silva, coordenador da licenciatura.

“São três dias durante os quais todos os participantes se unem e contribuem com o seu esforço e criatividade para resolverem desafios reais, lançados por entidades com intervenção social e que necessitam de ajuda”, afirma.

A iniciativa tem inscrições limitadas a 120 participantes e vai ter lugar no Campus de Santos da Universidade Europeia.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: