Empreendedorismo: ecossistema português cresce o dobro da média europeia

Portugal assegurou mais de 130 milhões de dólares em novos financiamentos ao longo de 2016, de acordo com os valores revelados durante o evento Lisbon Investment Summit.

Segundo o SEP Monitor Report, o ecossistema empreendedor português cresce o dobro da média europeia. A conclusão foi apresentada no início desta semana no Lisbon Investment Summit, um evento organizado pela Beta-i, que reuniu mais de 1.800 investidores executivos e startups de toda a Europa.

Nas palavras de Pedro Rocha Vieira, co-fundador e CEO da Beta-i, "hoje em dia, os investidores internacionais já olham para Portugal com frequência, procurando oportunidades de investimento".

Esta realidade fica atestada nos números. De acordo com o relatório, em 2016 mais de 130 milhões de dólares de novos financiamentos foram assegurados. O valor representa 40% do total de financiamento gerado entre 2010 e 2015.

Adicionalmente, 17 das startups tecnológicas portuguesas lançadas desde 2010, 65% também foram criadas nos últimos dois anos. Em termos absolutos, Portugal detém a 15ª posição no ranking europeu do ecossistema empreendedor.

No total de investidores, sublinha-se a importância dos fundos estrangeiros. No capital disponibilizado para scaleups (crescimento do negócio), por exemplo, 62% "vem de fora". Os eventos internacionais como o Web Summit, o Scale Up Porto e este Lisbon Investment Summit têm sido essenciais no desenvolvimento deste panorama.

Neste último, por exemplo, estiveram presentes Sohaila Ouffata, do BMW Group, Fausto Boni, da 360 Capital Partners, Renaud Visage, da Eventbrite, Marvin Liao, da 500 Startups, e outros.

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: