E se … fossemos dar uma volta até Marte?

Este é o convite feito por um jogo recentemente lançado no âmbito do projecto UPWARDS (Understanding Planet Mars With Advanced Remote Sensing Datasets and Synergistic Studies).

Let’s Go To Mars é o nome do jogo que foi lançado (gratuitamente) para PC e sistemas mobile (Android e iOS).

A exploração de Marte tem adquirido, ao longo dos últimos anos, uma grande importância para as principais organizações que se dedicam ao estudo do Cosmos. Parece mesmo que Marte será a próxima fronteira da espécie humana e dessa forma são variadas as iniciativas com esse objectivo.

Recentemente, e no âmbito do projecto UPWARDS (Understanding Planet Mars With Advanced Remote Sensing Datasets and Synergistic Studies), desenvolvido em colaboração entre Wild Sphere e Laniakea Management & Communication (e financiado pela La Fundación Española para la Ciencia y Tecnología).

O jogo é uma aventura passada na superfície de Marte e que leva os jogadores a serem os primeiros a explorar o planeta Vermelho e a criarem condições para o estabelecimento da primeira Colónia humana.

Let’s Go To Mars irá deparar o jogador com alguns dos enigmas que Marte nos apresenta e que se encontram sob estudo real no Projecto UPWARDS. Com o jogo queremos também publicitar o que temos feito e mostrar o trabalho ao grande público, de uma forma divertida e didáctica.

Miguel Angel Lopez-Valverde, Coordendor do projecto UPWARDS.

Problemas como falta de água, de alimentos, de materiais serão os principais obstáculos do jogador que terá de ser inventivo. Ao mesmo tempo que vai conseguindo ultrapassar os seus problemas no dia-a-dia, o jogador vai criando (de uma forma transparente) uma Marskipedia.

Essa Marskipedia vai consolidando a informação adquirida pelo jogador e assim construindo uma base de dados robusta que irá permitir ao jogador a evolução da colónia e ultrapassar novos problemas futuros.

Let’s Go To Mars

Let’s Go To Mars – PC

Let’s Go To Mars – Android

Let’s Go To Mars – iOS

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: