É oficial: Tesla vai mesmo comprar a SolarCity

A fabricante de carros elétricos de Elon Musk vai pagar 2,6 mil milhões de dólares numa fusão que dará origem à “única empresa verticalmente integrada na área das energias sustentáveis”. O negócio acontecerá no último trimestre de 2016.

Confirma-se o que o TeK tinha antes anunciado, quando Elon Musk avançava o que era ainda uma possibilidade: a Tesla vai efetivamente adquirir a SolarCity, pode ler-se num comunicado divulgado através do blog oficial desta empresa de soluções de energia solar domésticas.

O negócio será concretizado por 2,6 mil milhões de euros, aproximadamente 3,32 mil milhões de euros, e a SolarCity acredita que ambas as empresas, assim que juntas, poderão “criar soluções totalmente integradas nos segmento residencial, comercial e de grande escala, melhorando a forma como a energia é gerada, armazenada e consumida”.

“Uma instalação, um contrato de serviços e uma app para smartphone”, anuncia a SolarCity como modo de explicar o nível de integração que poderá ser alcançado, após um negócio que tem como primeiro objetivo uma poupança de custos de 150 milhões de dólares logo no primeiro ano de atividade após a fusão.

O comunicado emitido pela SolarCity indica ainda que o negócio deverá ser concretizado apenas no último trimestre deste ano, visto que é ainda necessário obter aprovação por parte das entidades reguladoras dos Estados Unidos e ainda submeter a fusão à apreciação de acionistas de ambas as empresas.

Passa assim a ser conhecido aquele que pode ser o primeiro passo na implementação da segunda parte do “master plan” de Elon Musk no que diz respeito aos objetivos da Tesla para os anos que se avizinham. Musk é o maior acionista de ambas as empresas, relembramos.

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: