E-Mona: Para quando faltar energia ao seu veículo elétrico

Tal como já acontece no segmento dos veículos a gasóleo, gasolina e até a gás, o mercado dos veículos elétricos irá gradualmente ganhar serviços paralelos de apoio. A pensar nisso, a Skoda apresentou recentemente um dispositivo de carga móvel que permitirá o carregamento de baterias de carros totalmente elétricos e híbridos, sem a necessidade do condutor se deslocar a um ponto de carregamento físico.

Vamos saber melhor como funciona este serviço que é semelhante ao funcionamento da plataforma da Uber.

Chama-se E-Mona e é um “novo” conceito/serviço criado pela Škoda. A pensar em situações em que um carro elétrico possa ficar sem energia e não esteja perto de um carregador físico, o fabricante checo Škoda tem agora um carregador portátil que pode ser solicitado através de uma simples app… semelhante ao chamar um Uber. Para tal o condutor apenas terá de indicar a sua localização e verificar qual o tempo de espera para a chegada do carregador portátil.

Curiosamente, ao contrário de outros serviços, a “assistência”, com a bateria móvel, chega de bicicleta.

Veja como funciona

Este projeto está atualmente numa versão piloto na cidade de Praga na República Checa. Segundo as informações, apenas está disponível para serviços de carros utilização partilhada, mas a Škoda pretende que este serviço esteja disponível para todos os proprietários de veículos elétricos.

Carregador elétrico móvel E-Mona

De acordo com a fabricante automóvel checa, este carregador portátil tem 12 baterias GeenPack. Cada bateria tem uma capacidade de 1,4 kWh, sendo que no total este carregador elétrico móvel tem uma capacidade de 16,8 kWh. O tempo de transferência de energia total para um veículo é de 4h.

A empresa justifica a escolha de bicicletas para transporte da bateria móvel pelo facto de ser simples. Existe ainda a garantia, por parte da Škoda, que o serviço demora menos de 30 minutos a chegar.

Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: