Crânio com 400 mil anos encontrado em Portugal

Foi no concelho de Torres Novas, mais concretamente na gruta da Aroeira que foi encontrado um crânio com cerca de 400 mil anos. Segundo os arqueólogos, nunca tinha sido encontrado um fóssil humano da altura média do Pleistoceno num local tão ocidental da Europa.

O crânio da Aroeira é o fóssil humano mais antigo já encontrado em Portugal. Em declarações à agência Lusa, o arqueólogo João Zilhão refere que além de ser um dos mais antigos encontrado em Portugal é também um dos mais antigos da Europa.

João Zilhão referiu ainda que este fóssil foi encontrado em 2014 e em dois anos foi analisado num centro de investigação em Madrid, Espanha. O arqueólogo saliente que o fóssil apresenta características morfológicas únicas:

Apresenta uma combinação de características morfológicas únicas que põem em causa a noção de que a variação, as diferenças entre fósseis desta época possam ser interpretadas como manifestação de várias espécies humanas diferentes

Na gruta onde se descobriu o fóssil foram também encontrados restos de animais e ferramentas de pedra, como machados. As escavações na gruta irão continuar.

O crânio descoberto na gruta da Aroeira será a peça central de uma exposição que abre no mês de outubro no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa.

Via Lusa | Fotos: JAVIER TRUEBA/LUSA

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: