Como converter VMware para VirtualBox e vice-versa

A virtualização de sistemas operativos tornou-se uma prática bastante comum nos últimos anos, tanto no ensino de unidades curriculares relacionadas com as tecnologias de informação, como por profissionais da área.

Softwares como VMware e VirtualBox, permitem criar máquinas virtuais que, basicamente, emulam um sistema operativo, como o Windows, Linux ou Android, a fim de realizar testes, por exemplo, sem afetar as configurações do seu sistema base, uma vez que a sua execução é tratada de forma isolada.

Tanto o VMware como o VirtualBox funcionam de forma semelhante, é criada uma área virtual para alocar o sistema operativo, tendo este acesso aos recursos do computador, como o áudio, rede, etc. Por vezes, pode haver necessidade de migrar as máquinas virtuais criadas de um software para o outro, cujo processo não é direto. Neste artigo, vamos ensinar, passo-a-passo, como converter uma máquina virtual criada no VMware para uso no VirtualBox, e vice-versa.

VMware para VirtualBox

Antes de começar, certifique-se de que a máquina virtual a exportar está no estado “Desligado”. Para tal execução ser possível, é necessário converter o ficheiro (.vmx) do VMware para (.ovf) do VirtualBox.

Passo 1: Aceda à diretoria de instalação do VMware, habitualmente localizada em C:Program Files (x86)VMwareVMware Player. Pressione a tecla SHIFT + Botão Direito do Rato na pasta OVFTool e selecione a opção “Abrir janela de comando aqui”.

Passo 2: Aberta a linha de comandos na pasta OVFTool, execute o comando abaixo, alterando o “nomedeutilizador” para o seu. A primeira pasta refere-se ao local de origem, onde se encontra a máquina virtual do VMware (Ubuntu_Pplware.vmx), a segunda, ao local de destino do ficheiro convertido para o VirtualBox (Ubuntu.ofv). Esta operação levará alguns minutos.

ovftool 'C:UsersnomedoutilizadorDocumentsVirtual MachinesUbuntu_PplwareUbuntu_Pplware.vmx' C:UsersnomedoutilizadorDocumentsubuntu.ovf

ovftool 'C:UsersnomedoutilizadorDocumentsVirtual MachinesUbuntu_PplwareUbuntu_Pplware.vmx' C:UsersnomedoutilizadorDocumentsubuntu.ovf

Passo 3: Abra o VirtualBox, e através do menu “Arquivo”, selecione a opção “Importar Appliance…”.

Passo 4: Procure pelo ficheiro convertido, que deverá ter ficado em C:UsersnomedoutilizadorDocumentsubuntu.ovf.

Passo 5: Clique em “Importar”.

Passo 6: Por fim, resta abrir a respetiva máquina virtual.

VirtualBox para VMware

Ambos os métodos são simples, no entanto, este é feito através de uma interface gráfica, ao invés da linha de comandos utilizada no processo anterior. Convertamos agora uma máquina virtual criada no VirtualBox para utilizar no VMware.

Passo 1: Abra o VirtualBox, e através do menu “Arquivo” selecione a opção “Exportar Appliance…”.

Passo 2: Escolha a máquina virtual pretendida, neste caso, trata-se do Windows 7.

Passo 3: Defina uma pasta para a sua exportação.

Passo 4: Clique em “Exportar” e aguarde alguns minutos enquanto a exportação é processada.

Passo 5: Abra o VMware e selecione “Open a Virtual Machine”.

Passo 6: Procure pelo ficheiro convertido, que neste caso está em C:UsersnomedoutilizadorDocumentsClone de Windows7_oracle.ova.

Passo 7: Se lhe for apresentado este erro, clique em “Retry” e aguarde até o processo de importação ficar concluído.

Passo 8: Uma vez terminado, a máquina virtual está pronta para ser executada.

Desta forma, facilmente pode converter a máquina virtual do VirtualBox para o VMware e vice-versa, sem perder quaisquer configurações. O processo funciona perfeitamente, pois ambos os softwares de virtualização são capazes de exportar nos respetivos formatos.

Por Diogo Gaspar para Pplware.com
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: