Com apenas 8 anos Ryan Kaji lidera o top 10 dos youtubers mais bem pagos de 2019

O jovem conseguiu ganhar 26 milhões de dólares em 2019. Num ano marcado pela luta dos criadores contra as políticas mais opressivas da plataforma, os 10 youtubers mais bem pagos deste ano arrecadaram um total de 162 milhões de dólares.

Com apenas 8 anos Ryan Kaji lidera o top 10 dos youtubers mais bem pagos de 2019

Em novembro, o Youtube atualizou a sua política de serviço, concedendo a si próprio o "poder" de encerrar contas que considere que não estão a ser lucrativas. A decisão foi recebida com descontentamento e revolta, em especial depois de um ano marcado pela luta dos criadores contra as políticas mais opressivas da plataforma.

Não obstante, para alguns criadores, o Youtube continua a ser uma plataforma (muito) rentável. Aliás, os 10 youtubers mais bem pagos deste ano arrecadaram um total de 162 milhões de dólares, avança a Forbes. No topo da lista, pela segunda vez consecutiva, está Ryan Kaji que, com apenas 8 anos de idade, ganhou 26 milhões de dólares com os seus vídeos de “unboxing” de brinquedos. Apesar da sua tenra idade, o jovem não é um “novato” nas andanças do youtube, pois já produz conteúdo para o seu canal, Ryan ToysReview, desde os três anos.

Clique na galeria para ficar a conhecer os Youtubers mais bem pagos de 2019

Para determinar quais foram os criadores mais bem pagos deste ano, a Forbes baseou-se em dados recolhidos de plataformas como Captiv8, SocialBlade e Pollstar. Os valores correspondem às receitas registadas entre um período de análise desde 1 de junho de 2018 a 1 de junho de 2019, sem contar com impostos e encargos com agentes, managers e advogados.

Mas Ryan Kaji não é o único youtuber com menos de 10 anos a figurar a lista dos criadores mais bem pagos. No terceiro lugar do pódio está Anastasia Radzinskaya, de 5 anos, que no ano de 2019 ganhou 18 milhões de dólares. A jovem russa que nasceu com paralisia cerebral tornou-se numa das youtubers mais populares entre o público infantil, contando com um total de 107 milhões de subscritores pelos seus sete canais.

Vêm aí mudanças no YouTube Kids que vão afetar negócios de crianças e famílias

Vêm aí mudanças no YouTube Kids que vão afetar negócios de crianças e famílias

Ver artigo

Embora os canais de youtube tenham ganho popularidade nos últimos anos, tal como revela um estudo de 2019 do Pew Research Center, a plataforma da Google anunciou medidas que admite penalizarem o negócio de muitas famílias e crianças que são criadores de conteúdo. A decisão surge após a Federal Trade Comission ter multado o YouTube num valor entre os 150 a 200 milhões de dólares por alegadamente violar a Lei Federal de Proteção à Privacidade Online para Crianças.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Subscrever Já subscrevi

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Ler Artigo Original
Fonte: SAPO Tek

Share

Também pode gostar de...

%d bloggers like this: