Carregamento rápido de carros elétricos vai custar 3 euros no máximo

Carregar a bateria de um carro elétrico vai ser "incomparavelmente mais baixo" do que encher um depósito com gasóleo ou com gasolina.

A partir de janeiro os carregamentos de veículos elétricos vão deixar de ser gratuitos e os preços já estão estipulados.

De acordo com os resultados do concurso público para a instalação e exploração de 14 pontos de carregamento nas principais cidades portuguesas, entregues à Prio, EDP e Mobilectric, o preço de cada carregamento rápido vai situar-se entre 1,5 e três euros. O custo é “incomparavelmente mais baixo” do que utilizar um veículo convencional, sublinhou o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, em declarações ao Público.

A instalação dos 14 postos de carregamento rápido foi adjudicada à Prio que ficou com um posto, à EDP com cinco postos e à Mobilectric, empresa do grupo C. Santos que comercializa a marca Mercedes em Portugal, que garantiu os restantes oito postos de abastecimento elétrico.

Aveiro, Braga, Cascais, Coimbra, Évora, Lisboa, Loures, Matosinhos, Porto, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Gaia são as cidades abrangidas.

Os novos postos terão de estar a funcionar até dia 8 de janeiro de 2017. Nessa altura a rede piloto de carregamento deverá contar com um total de 35 postos, embora o objetivo fixado inicialmente pelo Governo fosse de 50.

Fonte do Artigo

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: