Apple quer impedi-lo de utilizar a câmara do iPhone em espaços controlados e eventos

A empresa conseguiu ver aprovada uma patente submetida em 2011 que permite a inutilização da câmara do iPhone através de infravermelhos. Acabaram-se as selfies em concertos?

Não se sabe como nem quando vai ser implementada, mas a Apple acabou de garantir a patente de uma tecnologia que vai impedi-lo de utilizar a câmara do iPhone sempre que lhe apetecer.

De acordo com o site 9to5mac, a tecnológica de Cupertino submeteu a patente em 2011 mas só agora conseguiu vê-la aprovada.

O sistema concebido pela empresa funciona através do emparelhamento com emissores de sinais infravermelhos que teriam de ser instalados nos espaços onde os responsáveis querem proibir a captura de imagens. A ideia é que os sinais emitidos transportem códigos que inviabilizam a utilização da câmara. Na prática, esta tecnologia pode ser aplicada em cinemas, concertos ou museus, mas não fica explícito se, com a aplicação desta tecnologia, as selfies e fotografias de outros planos continuariam a ser permitidas.

Por outro lado, esta mesma tecnologia pode expandir a interacção digital com os espaços. Nos documentos da patente, fica descrita uma outra utilização. “Um emissor infravermelhos pode ser localizado perto de um objeto e emitir sinais com dados codificados que incluam informação acerca desse mesmo objeto. O smartphone pode depois receber esses sinais, descodificar os dados e exibir, ao utilizador, informação adicional acerca do objecto”.

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: