Android é a razão pela qual o seu smartphone tira fotos fracas?

No início da era dos smartphones as câmaras não tinham a mesma importância que têm hoje. Atualmente, uma boa câmara pode servir de trunfo, do lado dos fabricantes, para que os clientes adquiram um determinado smartphone.

Mas se considera que o seu smartphone tira fotos fracas, então fique a saber que culpa pode não ser do hardware mas sim do Android!

De acordo com Vic Gundotra, o homem que criou o Google Plus, o fim das câmaras DSLR já chegou para a maioria das pessoas. Num post no Facebook, Gundotra refere que deixou a câmara profissional em casa e que tirou as fotos que apresenta no post com um iPhone 7 usando um modo computacional (modo retrato como a Apple designa a funcionalidade).

Considerando que as fotos foram tiradas num restaurante, como pouca luz e sem flash, o resultado é simplesmente impressionante. Gundotra dá mesmo os parabéns à Apple!

Mas Vic Gundotra vai mais longe e refere que nunca usaria um smartphone Android para tirar fotos.

Quando questionado se o hardware da Samsung ao nível da câmara e o Google Photos para backup são a melhor combinação, Gundotra não hesita e refere que o problema é mesmo esse… É um Android!

Mas porquê a culpa do Android?

Vic Gundotra refere que pelo facto do Android ser um sistema operativo aberto este deve ser neutro para todas as partes [fabricantes]. Isso até parece bem, mas quando entramos nos detalhes aí tudo muda. Gundotra refere que os smartphones Samsung têm um conjunto confuso e desconcertante de opções de fotos. Devo usar a câmara Samsung? Ou a câmara Android? Galeria Samsung ou Google Fotos?

O facto da Samsung inovar ao nível do hardware (como uma câmara melhor), significa que eles têm que convencer a Google a permitir que essa inovação seja considerada para outras aplicações através da API apropriada. Isso pode levar ANOS. Mas a maior inovação nem sequer está a acontecer ao nível de hardware – está sim a acontecer ao nível de fotografia computacional. A Google já esteve na linha da frente mas atualmente regrediu, comparativamente à concorrência.

Já no caso da Apple não existem todas essas restrições. Eles inovam no hardware subjacente e basta simplesmente atualizar o software com suas últimas inovações (como modo retrato).

Gundotra responde ainda que caso os utilizadores se importem com boa qualidade de fotografia, então devem ter um iPhone. Caso contrário, adquiram um Android.

Here is the problem: It’s Android. Android is an open source (mostly) operating system that has to be neutral to all parties. This sounds good until you get into the details. Ever wonder why a Samsung phone has a confused and bewildering array of? Should I use the Samsung Camera? Or the Android Camera? Samsung gallery or Google Photos?

It’s because when Samsung innovates with the underlying hardware (like a better camera) they have to convince Google to allow that innovation to be surfaced to other applications via the appropriate API. That can take YEARS.

Also the greatest innovation isn’t even happening at the hardware level – it’s happening at the computational photography level. (Google was crushing this 5 years ago – they had had “auto awesome” that used AI techniques to automatically remove wrinkles, whiten teeth, add vignetting, etc… but recently Google has fallen back).

Apple doesn’t have all these constraints. They innovate in the underlying hardware, and just simply update the software with their latest innovations (like portrait mode) and ship it.

Bottom line: If you truly care about great photography, you own an iPhone. If you don’t mind being a few years behind, buy an Android.

A posição de Vic Gundotra pode até parecer estranha dado as suas ligações à Google. No entanto, segundo informações, Gundotra está neste momento a trabalhar para uma empresa que está a desenvolver uma tecnologia associada à saúde para o Apple Watch.

Concorda com a opinião de Vic Gundotra?

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: