Análise: Porsche Design Huawei Mate 9

Aquando do lançamento do Huawei Mate 9, a Huawei anunciou o lançamento de um modelo exclusivo criado em pareceria com a Porsche Design.

O Porsche Design Huawei Mate 9, além de uma imagem completamente distinta do modelo normal ainda conta com algumas especificações superiores e, obviamente, um preço que acompanha todo este conjunto. Conheça todos os seus pormenores através da nossa análise.

Características gerais

O Porsche Design Huawei Mate 9 apresenta-se com ecrã AMOLED 5,5″ com resolução 2K, de 1440 x 2560 píxeis, curvo e com proteção Corning Gorilla Glass 3.

Está equipado com um processador HiSilicone Kirin 960 octa-core, divididos em quatro núcleos Cortex-A73 a 2,4 GHz e quatro Cortex-A53 a 1,8 GHz e para o ajudar ainda trás 6GB de RAM. Vem ainda com 256 GB de memória interna e, obviamente, não tem slot para cartão de memória, porque não necessita de expansão.

Para fotografia, tal como o modelo normal, o Porsche Design incorpora uma câmara dupla com lentes Leica, uma com sensor de 12MP RGB e outra de 20MP monocromático com abertura f/2.2, OIS, flash de duplo tom, zoom 2x e laser autofocus. A câmara frontal é de 8 MP com abertura f/1.9 e gravação até 1080p.

Traz também um sensor de impressões digitais frontal ultra rápido, uma bateria de 4000 mAh com carregamento rápido, Bluetooth 4.2, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, USB Tipo-C e Android 7.0 personalizado com a EMUI 5.0.

Especificações completas

  • Ecrã
    • 5,5″ (1440 x 2560 píxeis), densidade ~534 ppi
  • Processador
    • Hisilicon Kirin 960
    • Mali-G71 MP8
  • Rede
    • GSM/HSPA/LTE
  • Sistema operativo
    • Android 7.0 (Nougat) com interface EMUI 5.0
  • Memória
    • 256 GB e 6 GB de RAM
  • Câmara
    • Principal (Traseira): Câmara dupla 12 MP + 20 MP com OIS, Zoom óptico 2X, PDAF, foco laser e flash dual-LED
    • Secundária (Frontal): 8 MP
  • Dimensão e peso
    • 152 x 75 x 7,5 mm, 169 g
  • Conectividade
    • Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac
    • GPS com A-GPS, GLONASS, BDS e GALILEO
    • Bluetooth 4.2 (BLE)
    • USB tipo-C
  • Bateria
    • Li-Ion 4000 mAh não removível
  • Preço: 1395€

Hardware e Design

No evento de Novembro passado, o grande destaque da Huawei foi, naturalmente, para o Huawei Mate 9, o modelo normal dirigido ao público em geral. Mas como sempre, tem que haver um fator surpresa, e numa edição limitada, foi também apresentado o Porsche Design que abriu caminho ao design de um terceiro modelo, o Huawei Mate 9 Pro.

De facto, a edição do Mate 9 em parceria com a Porsche Design resultou num elegante equipamento e de qualidade superior. O seu corpo com o ecrã de 5,5″ curvo e a traseira em metal preto escovado dão uma subtileza e beleza única ao equipamento. Ao toque é transmitida uma sensação de qualidade extraordinária. Dá, no entanto, uma impressão de que o equipamento irá escorregar a qualquer momento.

O Huawei Mate 9 (o modelo normal) é bastante pesado, com 190g, e este modelo com 169g, não lhe fica muito atrás, mas uma vez o sei design mais ergonómico parece compensar o seu peso. A largura de 75mm de largura poderá ser um pouco exagerada apenas para quem tiver uma mão mais pequena.

Na zona frontal temos um ecrã curvo de 5,5″ com resolução 2K, que aproveita bem o espaço onde se insere. Por cima do ecrã podemos encontrar o auscultador, a câmara frontal, o LED de notificações e os sensores de proximidade e luminosidade. Na frente temos ainda o sensor de impressões digitais, mais acessível ao utilizador e ainda mais rápido. É soberbo.

Do lado direito do equipamento encontramos o botão de bloquear/desbloquear e os botões de controlo de som. Do lado esquerdo apenas um slot dual-SIM. Na lateral superior encontramos o emissor de infravermelhos e na inferior está localizado o jack de áudio de 3,5mm, o altifalante, o microfone e a porta USB Tipo-C.

Por fim, na traseira está colocada a câmara dupla de 20 MP + 12 MP disposta verticalmente, o flash LED duplo, o laser de focagem e um microfone para cancelamento de ruído.

O que distingue este Porsche Design Huawei Mate 9?

Com uma aposta constante na qualidade, a Huawei tem conseguido conquistar aos poucos o mercado, sendo já reconhecida como uma das melhores marcas do mercado dos smartphones.

Com este equipamento a Huawei apostou todo o seu conhecimento para fazer o melhor possível. A qualidade irrepreensível das câmaras, o ecrã AMOLED 2K com uma nitidez impressionante, o seu processador Kirin 960 com os seus 6 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, fazem deste smartphone um equipamento de topo. Já o software foi refinado com recurso a novos ícones e novos temas com a EMUI 5.

Interface e Desempenho

Tal como já vem sendo hábito, o Porsche Design Huawei Mate 9 traz um sistema Android personalizado pela marca Huawei, que se dá pelo nome de Emotion UI, ou apenas EMUI. Com a versão 5.0 da EMUI, que traz como base o Android 7.0 Nougat.

Para quem está habituado ao “Android puro”, poderá notar uma grande diferença, mas com algumas configurações neste EMUI 5.0 já é possível ter algo muito próximo disso mesmo. A nova UI da Huawei é bastante intuitiva e bonita, estando repleta de alguns pormenores e funções que, de certo, o irão agradar e que têm sido melhorados e complementados ao longo de cada atualização.

A nível de desempenho, o Porsche Design Huawei Mate 9 está equipado com o SoC Kirin 960 e 6GB de RAM. Não levantando por isso grandes surpresas, o Porsche Design mostrou-se sempre disponível para executar qualquer aplicação ou jogo, sem nunca se ter verificado qualquer tipo de desfasamento na imagem ou desempenho. Os 6 GB de RAM são também suficientes para aguentar um bom multitasking, chegando a haver momentos em que, ao iniciar uma aplicação passado algum tempo da sua utilização, pensava que ela já teria sido encerrada, mas na verdade continuava aberta.

Algo negativo a apontar é o consumo extremo de RAM deste equipamento. Após um restauro total ao smartphone e sem nenhuma aplicação externa instalada o consumo de RAM era de 2,20GB.

Em testes de Benchmark, o Porsche Design Huawei Mate 9 registou os seguintes valores:

  • Antutu v. 6.2.7: 122533 pontos
  • Geekbench 4
    • Single-core: 1860 pontos
    • Multi-core: 6405 pontos

Em termos de GPS, nas poucas ocasiões em que foi necessário recorrer ao mesmo, o sinal foi sempre preciso e rápido a obter, sem se ter registado qualquer quebra ou perda de sinal.

Câmara

Uma das grandes apostas da Huawei nos seus smartphones é a parte fotográfica. Este não é inferior, pelo contrário, é fabulosa esta câmara da Leica, aliás, já conhecida do Huawei Mate 9. A câmara traz uma configuração dupla onde alia um sensor de 12 MP RGB a um sensor de 20 MP monocromático com abertura f/2.2, OIS, flash dual-LED e focagem laser.

O software da câmara é muito intuitivo, muito idêntico ao do Mate 9, com a presença de diversos modos de fotografia, filtros e opções manuais. As fotografias, são de grande qualidade, conseguindo obter um bom nível de detalhe e uma boa captação de cores. Em fotografias noturnas, o PD mostrou também ser capaz de captar as fotografias sem grade ruído.

De seguida apresentamos alguns exemplos de fotografias captadas com o Porsche Design.

Autonomia

O Porsche Design vem equipado com uma bateria de 4000 mAh acompanhado de carregamento rápido. Na minha utilização, aguenta dia e meio com dados moveis sempre ligados, Wi-Fi, Bluetooth, com gestão de e-mails e redes sociais sempre sincronizadas, chamadas e mensagens. Numa utilização moderada chega a 2 dias inteiros.

Veredicto

O Porsche Design Huawei Mate 9 é um equipamento com um design distinto e é notável a enorme qualidade de construção presente, a câmara fotográfica é fantástica e o processador aliado aos 6 GB de memória RAM oferecem um excelente desempenho, já para não falar da grande capacidade de armazenamento interno.

É um equipamento que não deixa ninguém indiferente. A Huawei em conjunto com a Porsche Design quiseram fazer um equipamento de topo e conseguiram.

Mas o que é que ele tem que faça com que compremos um equipamento de 1395€?

Ao adquirirmos este equipamento estamos a adquirir uma peça de arte, uma edição especial de um equipamento que tem tudo o que precisa. Hoje em dia senta-se numa mesa e tudo que vê são equipamentos iguais. Ao adquiri um Porsche Design, está a adquirir exclusividade, daí o preço.

Mas será que estes argumentos fazem com que o valor seja justo? Embora seja um equipamento excecional, limitado e exclusivo não creio que valha o valor que é pedido. Temos, por exemplo, neste momento o Samsung S8 que em termos de características é superior e custa pouco mais que metade do preço pedido pela Porsche Design.

Porsche Design Huawei Mate 9

Porsche Design Huawei Mate 9 9.08

Design

9/10

Ecrã

9/10

Desempenho

9/10

Câmara

9/10

Autonomia

9/10

Prós

  • Câmara
  • Qualidade de Construção

Contras

  • Preço

Por António Ferreira para Pplware.com
Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: