Análise: Deebot R95, todo o controlo a partir do smartphone

Estamos na era da revolução em termos de robôs domésticos, aqueles que utilizamos para nos ajudar nas mais diversas tarefas do dia a dia que tanto tempo nos consomem.

A limpeza do chão é talvez daquelas áreas onde mais se tem vindo a apostar e os robôs aspiradores estão muito mais evoluídos. É o caso do Deebot R95. Este robô faz o mapeamento completo da sua casa e liga-se à sua rede Wi-Fi para que o possa controlar em qualquer lugar através de uma aplicação para dispositivos móveis. Além disso o trajeto de limpeza também está mais eficiente. Mas há mais… descubra todas as potencialidades deste Deebot R95 através da análise completa.

Características Gerais

O DEEBOT R95 não é apenas um robô aspirador. Tal como outros modelos existentes no mercado, nomeadamente o Deebot M85 já aqui testado, este é também um robô de limpeza, que inclui um reservatório de água e um pano de limpeza que podem ser utilizados simultaneamente.

Inclui também o sistema SMART NAVI que através de um sistema de lasers permite explorar a área da casa e criar um mapa com bastante detalhe. Desta forma, a probabilidade do aspirador embater contra os móveis é mais reduzida, limpando assim a área de uma forma mais eficiente e de uma só vez.

Em termos de peso e dimensões, o Deebot R95 pesa 4,8 kg e tem uma dimensão de 354 x 354 x 102mm. Em média, uma carga de bateria (de 2850 mAh) permite cerca de 90 minutos de limpeza, demorando entre 3 a 4 horas a carregar por completo.

O nível de ruído é de cerca 56 dB, o que acaba por não perturbar tanto quanto outros modelos da marca.

Este robô pode ser ligado a uma rede Wi-Fi para que haja uma interação entre ele e o smartphone e ainda reproduz informações em português indicativas do seu estado, por exemplo, quando inicia o mapeamento ou quando termina uma tarefa de limpeza.

Design

Em termos de design a marca volta a apostar em linhas simples e elegantes que se enquadram em qualquer decoração mais moderna. Apresenta um corpo cinza brilhante, tem um botão de início de aspiração automática, manual e luzes indicadoras de Wi-Fi, limpeza programada, mapeamento e modo de voltar à base.

Em cima, existem os sensores de distância laser, que auxiliam no mapeamento e na própria limpeza. Nas partes laterais estão incluídos, de forma muito discreta, também sensores e amortecedores. Em baixo estão mais um conjunto de sensores que impedem de forma muito eficaz a queda do aspirador de zonas mais elevadas, como varandas ou escadas.

Na caixa

Na caixa

  • 1 robô aspirador
  • 1 base de carregamento
  • 1 manual de instruções + 1 folheto da aplicação
  • 1 ferramenta de limpeza multifuncional
  • 2 pares de escovas laterais
  • 1 reservatório de água
  • 1 acessório de sucção directa
  • 2 panos micro-fibras para limpeza
  • 1 copo medidor
  • 1 solução de limpeza para o reservatório

Acessórios

O Deebot R95 conta com uma série de acessórios à semelhança do que temos visto noutros modelos que melhoram o desempenho de limpeza do chão e posterior manutenção do equipamento.

Além das escovas rotativas comuns, que ficam colocadas na zona frontal e que ajudam a “varrer” o lixo para a zona de sucção, o Deebot conta com um acessório de sucção direta e o acessório comum de limpeza multifunções que inclui uma escova em espiral.

Não sendo algo exclusivo, mas sim uma característica que tem vindo a ser melhorada de modelo para modelo, este inclui também um reservatório de água que permite lavar o chão ao mesmo tempo que é aspirado.

Depósito de lixo e filtro

O reservatório de resíduos é muito fácil de retirar e limpar. Quando o depósito estiver cheio, retira-se do aspirador, deita-se o lixo fora, retira-se o filtro e passa-se o reservatório por água. O ideal é que fique a secar completamente, sem utilização de panos para absorção da água.

O filtro HEPA deve ser limpo aquando da limpeza do reservatório de forma a não acumular resíduos.

Mopa e reservatório de água

A Ecovacs voltou a incluir um reservatório de água num dos seus aspiradores de forma a fazer uma limpeza completa à casa. Este reservatório é enchido com recurso a um pequeno copo medidor com água ou com água e uma solução de limpeza, que já vem na embalagem. Mas este acessório também pode ser utilizado sem água, a escolha será feita entre lavar o chão ou apenas ir limpando o pó que fica para trás.

Não sendo muito eficaz na limpeza profunda acaba por dar uma boa ajuda na manutenção de uma casa mais limpa.

Manutenção

É essencial que no final de qualquer ciclo de utilização se faça uma limpeza ao próprio equipamento. Despejar o depósito, remover os pelos que ficaram agarrados à escova e às vassouras laterais e lavar os panos que vêm preparados para a função de limpeza.

Esta manutenção é muito rápida e simples e fará com que o equipamento se mantenha em ótimas condições por muito mais tempo.

A aplicação móvel Ecovacs

Ao contrário de outros robôs, o Ecovacs não trás um comando à distância, pois este é controlado através do smartphone, com recurso à aplicação ECOVACS e com ligação à rede Wi-Fi da casa. Ainda assim, o acto de colocar o robô a aspirar, a programação diária ou semanal, o mapeamento, são todas acções que podem ser feitas manualmente.

Esta aplicação é bastante útil e completa e permite fazer uma gestão muito eficaz do trabalho do robô. Apresenta todos os mapas recolhidos, permite iniciar a actividade, mandar o robô recolher à base, aspirar um ponto ou uma área específica, delimitar o perímetro de limpeza, entre outras opções.

Através do seguinte vídeo poderá ver como funciona em mais pormenor e todas as suas funcionalidades.

Deebot R95 em acção – Análise em vídeo

Veredicto

Uma limpeza mais eficiente

No que respeita à análise de robôs aspiradores já foram vários os modelos que podemos experimentar e conhecer e um dos problemas encontrados prendia-se com a ineficiência da maioria deles uma vez que a limpeza acaba por ser feita de uma forma aleatória.

Com o mapeamento e com o conjunto de sensores que integra, o Deebot R95 acaba por fazer a limpeza de uma forma mais eficiente, não passando várias vezes pelo mesmo sítio e deixando outros para trás. Além de que as escovas laterais já chegam melhor aos cantos da casa acabando por não deixar tanto pó acumulado.

Não tem vários modos de limpeza, mas sim um automático, mais eficaz e que ainda se complementa com a mopa. No fim da limpeza da área pretendida, o robô regressa à base. Caso a bateria esteja para acabar a meio da limpeza, ele regressa à base, carrega e volta novamente ao serviço.

Zonas com mais sujidade

Algo que deveria incluir era o sensor de deteção de sujidade para que passasse mais que uma vez numa zona mais necessitada. A aplicação móvel vem colmatar este problema com a limpeza de pontos específicos indicados pelo utilizador no mapa (como mostra o exemplo do vídeo).

Preço e Disponibilidade

O robô Deebot R95 está disponível em várias lojas nacionais por um preço que ronda os 550€.

O Pplware agradece à Ideias Marcianas a disponibilidade do Deebot R95 para análise.

Deebot RD95

Deebot RD95 8.76

Construção e Design

9/10

Poder de sucção

9/10

Inteligência

8/10

Funcionalidades

9/10

Ruído

8/10

Prós

  • Interação com aplicação móvel
  • Mopa com reservatório de água
  • Design
  • Sucção directa e com escova rotativa

Contras

  • Regresso à base
  • Não detecta zonas de maior sujidade

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: