132 apps Android estavam infetadas com malware para Windows

Não é anormal surgir no Android novas formas de os utilizadores serem atacadas. Estes novos vírus e malware estão quase sempre fora da Play Store, aproveitando-se dos utilizadores.

Mas algo insólito parece ter acontecido, ao terem sido descobertas 132 aplicações Android que estavam infetadas, mas com malware criado para o Windows.

Este é um dos mais estranhos casos de infeções detetadas na Play Store, a loja de aplicações para o Android. As aplicações foram descobertas pela empresa de segurança Palo Alto e continham código que há alguns anos andou a infetar os computadores Windows.

Claro que este código pouco impacto tinha nos dispositivos Android, limitando-se a abrir de forma escondida algumas iframes que apontavam para dois domínios bem conhecidos e usado para a propagação de malware.

Claro que a Google foi de imediato alertada para esta descoberta e retirou na hora as aplicações da sua loja, garantindo que estas apps não eram mais instaladas.

malware Android

Do que a Palo Alto adianta, os programadores que criaram estas apps podem nem ser culpados desta tentativa de ataque aos utilizadores. O mais provável é que as plataformas usadas já estariam também infetadas.

Há algum tempo esteve ativo um malware que pesquisava e alterava as páginas web presentes num computador, injetando nestas as iframes para se propagar. Deverá ter sido desta forma que esta nova infeção se propagou e chegou às aplicações Android.

Esta é de longe uma situação normal e que não terá tido impacto nos utilizadores Android, mas revela a forma simples como um malware transita de um sistema operativo para outro, sem que exista qualquer controlo ou necessidade de intervenção.

Via Palo Alto Networks

Ler Artigo Original

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: