13 anos de Facebook: rede social cresceu 49% em Portugal desde 2011

A conclusão é da Marktest que conduziu uma análise longitudinal à utilização do Facebook em Portugal nos últimos cinco anos.

De acordo com os últimos resultados do Bareme Internet, o estudo de referência sobre a penetração da internet na população nacional, Portugal conta já com mais de 4,5 milhões de utilizadores de redes sociais. O valor, que corresponde a 70% dos residentes no Continente com idades entre os 15 e os 64 anos, evidencia um crescimento de 53% face ao verificado em 2011.

Do total de redes sociais disponíveis em Portugal, diz a Marktest que o Facebook é “indubitavelmente a mais relevante”. O estudo Os Portugueses e as Redes Sociais, que a própria conduz desde 2011, mostra como esta não é apenas a mais conhecida e mais utilizada, como também a mais credível aos olhos dos utilizadores nacionais que consideram ainda esta rede social como sendo “a que informa melhor, a que mais gostam, a que tem ou divulga informação mais útil, a mais atual, a mais interessante ou a mais viciante”.

No ano em que se assinala o seu 13º aniversário, a plataforma digital tem atualmente uma taxa de penetração de 66% entre os residentes em Portugal Continental, com idades entre os 15 e os 64 anos, e de 94,4% entre a totalidade dos que usam redes sociais nestas faixas etárias. Ao todo, são já cerca de 4.367.000 de indivíduos com conta registada na rede de Mark Zuckerberg, face aos 2.925.000 registados em 2011.

Em benefício do Facebook regista-se ainda um decréscimo da taxa de abandono das redes sociais. Apesar de um em cada cinco utilizadores admitir ter abandonado uma rede social nos últimos 12 meses, o número apresenta uma tendência para baixar, sendo hoje quase metade do observado em 2011.

Share

Também pode gostar de...

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: